A consciência da nossa bem portuguesa e ancestral mestria como artífices da madeira, vidro e cerâmica fez nascer nesta empresa Prodi 1812 o propósito de desenvolver um trabalho de fomento e actualização dessas capacidades. Aplicá-las num programa de recuperação e recriação dos antigos pequenos móveis de cozinha muito comuns em todas as casas da nossa província, e que tão bem as caracterizavam, tais como alguns tipos de cadeiras, bancos, mesas, armários, etc.

Tendo começado por recolher uma série de modelos de bancos mais típicos, foram escolhidos 14 modelos após terem sido redesenhados os motivos do decor, neste caso inspirados nos orgãos produtores de Pólen das plantas silvestres, cujos desenhos simbólicos adaptamos e aplicamos com o melhor rigor a cada peça, tal como há já muitos anos os artesãos o fizeram de forma tão artisticamente espontânea. Daí o ter-se dado o nome de Bancos Pólen a esta colecção.

A Prodi dedica-se a interpretar para manter e desenvolver as nossas aptidões nestes saberes e tenta contribuir para que continuem vivos, desenvolvendo-os de uma forma que respeite a sua tradição e identidade assim como a necessária inovação nas práticas criativas e de fabrico.